quarta-feira, 1 de julho de 2009

PALAVRAS DO ATOR - A BIBLIOTECA DA VIDA!

Estou entrando, olho tudo a minha volta e escolho um lugar bem ao fundo, onde tenho uma visão ampla. Sento e começo... Estou concentrada, mas de repente algum zun zun zun começa. Agora escutei a palavra “impermeável”. O que será que estão falando? “Deixa eu ver se é um plástico? Bom, então é isso”. No meio dessa conversa doida chega um rapaz vestido de preto, cumprimenta o grupo com um sorriso e pergunta: “E aí mano, o que vocês vão fazer a noite?” O grupo vai embora. Mas escuto sons de risadas vindos da parte de fora. Silêncio novamente, acho que aquele grupo de antes estava incomodando. Pessoas atentas ao que estão fazendo, algumas dispersas como eu agora, que parei o que estava fazendo para escrever e não estou me importando, pois estou gostando, mesmo sabendo que o que tenho para fazer é super importante. Pessoas sozinhas, em duplas, em grupos, mesas grandes, pequenas. Observo pela janela pessoas passando. Uma moça escreve muito, o que será que está pensando e colocando no papel? Será que pensa em palavras soltas assim como eu nesse momento? Uma moça vai embora, está com uma blusa laranja, acho que todos perceberam que ela saiu. Será? Um rapaz começou a falar alto, está incomodando. Acabei de receber um torpedo no celular, mas não digo de quem é rss... Duas moças entram falando alto, será que não percebem que é lugar de respeito? Vou chupar uma bala, alguém quer? Nem sei porque perguntei, estou sozinha e não consigo parar de escrever e voltar a fazer o que preciso. Os rapazes falam alto não tem noção. Acho que vão embora, todos se levantam... Me enganei. Só um saiu, vestindo uma camiseta rosa. Tem um rapaz lendo jornal, quais as notícias de hoje? Estou presa aqui e nem sei o que acontece nesse momento no mundo lá fora além dos jornais... Uma moça entra fazendo barulho com seu salto alto, trocamos olhares, acho que percebeu que não gostei. Ela pega algumas notas de compras e começa a fazer contas em sua calculadora. Será que está devendo? Uma moça diz: “Vou abrir uma comunidade para matar com R15, ele vai matar com bomba e ele vai matar com fogo mesmo”. Que papo! Nossa! Uma moça acabou de entrar toda vestida de preto e com óculos escuros, que sol! Não teve quem não olhasse. Parecia perdida, mas encontrou seu lugar. Estou sentindo um cheiro de perfume muito forte, vontade de espirrar... A moça que fazia contas foi embora, fazendo barulho com seu salto alto. O celular de alguém toca. Mais uma pessoa vai embora, uma moça com uma mochila enorme, parece até que vai acampar rss... Chegou uma outra moça e sentou no mesmo lugar da moça de mochila, tanto lugar para sentar, a cadeira ainda deve estar quente rss... Agora um telefone toca, mas onde está esse telefone que não vejo? Escuto uma moça dizer: “Tá louca? Então eu vou parar”. O que será que estão fazendo? Nossa! Duas moças conversando e uma delas mostra para a outra a tatuagem que tem nas costas. Queria coçar a garganta, mas faz muito barulho. Não acredito!!! Uma moça ligou o celular no viva-voz. Ai... espirrei. Um grupo de três pessoas se levanta e vai embora, uma moça ficou me olhando, será que percebeu que sou estranha? O cheiro de perfume continua, mas não sei de onde vem. Uma moça observa as pessoas e coloca a mão no nariz, será que ela também sentiu o perfume? Estou vendo uma aranha andando por uma mesa. Agora somos em 8 pessoas aqui, quando cheguei tinha tanta gente... Agora a aranha está no encosto da cadeira e vai descendo, descendo... As pessoas continuam a passar lá fora. Somos em 4. Agora ficam três, pois estou saindo da biblioteca.
Patrícia Weiss (Patê)

Nossa eu nem me lembro da última vez que entrei em uma biblioteca, pelo que está na minha memória faz uns 30 anos ou mais que não sei o que é entrar em um local desses... Ia com meus amigos fazer trabalho de escola na biblioteca do colégio São Judas na Mooca, nem éramos alunos, mas entrávamos como se fossemos e ficávamos lá na boa ninguém nunca perguntava ou pedia algum documento, todo mundo entrava na boa, e nós estudávamos em outro colégio ali no mesmo bairro. Era uma aventura, pois, íamos a pé de nossas casas até lá, cantando, rindo, tirando sarro da cara dos outros, era uma farra. Embaixo de chuva então era muito engraçado, uma vez usando o guarda chuva e fazendo o que não devia, todos nós dançando na chuva, queríamos fazer igual ao filme, eu virei o bendito guarda chuva e acertei a barriga de um cara, rimos a valer e saímos correndo, heheeh, já era louco desde aquela época e não sabia. Bons tempos daquela biblioteca onde tentávamos estudar, olhávamos tudo, reparávamos nas pessoas, comíamos um monte de porcaria e claro perturbávamos a ordem do local, hehehe, mas era uma boa época. Desde então nunca mais pus meus pés em uma biblioteca, como elas estarão agora? Todas informatizadas? Muita gente consultando os livros? Ou só pela internet? Nossa não tenho noção de como está uma biblioteca, até outro dia fiquei sabendo que têm uma aqui perto de casa, isso depois de mais de 12 anos morando no bairro.
A biblioteca ainda é um lugar interessante? Quem vai à uma? Acho que preciso visitar para lembrar do ambiente, ainda tem que ficar quieto? Porque isso será o mais complicado, eu quieto na biblioteca, parece sonho...

Isso aí galera como um texto pode nos trazer lembranças tão gratificantes, e olha que eu já havia esquecido destas histórias, o texto da Patê me fez voltar ao passado, legal, vejam como uma coisa simples pode nos deixar tão bem, tão vivos e ver que nossa vida tem momentos que ficam eternizados, mesmo que aparentemente pareçam esquecidos, mas não estão, porque essas cenas ficam gravadas em nossos corações para sempre, o que deve haver mais? Nossa haja arquivo!!! Reviver é saber que estamos vivos e que deixamos algo bom pelo tempo e espaço!!!

Galera o pessoal que perguntou ontem, vou responder na próxima terça, ok? Amanhã é dia da coluna de vocês, mandem textos contando algo, expressando seus sentimentos. Enviem fotos para nosso “Espaço Alma e Espírito” e peçam suas músicas favoritas!!!
teatromonteirolobato@globo.com

Galera há cenas que jamais se apagam em nossas vidas!!!!

Álbum Cia. de Artes Monteiro Lobato!!!Juca convence Lúcia a fazer uma consulta com Madame Gioconda! Ela está coma a agenda lotada até 2014, mas abre uma brecha para chaveirinho... Hum aí tem...

As quatro almas em momento de terror!!!! A hora da verdade... Quem é verdadeiro? Descobrirão seus podres... Já tá fedendo!!!!

Luiz Antônio e Dra. Marli vendem o chá boa alma para tirar as coisas ruins de sua vida!!! À venda em "Rascunhos"!

Maria Honestina colocando o lambari do patrão no lixo depois que ele morreu após ela dar água tônica para o peixe. Quer seus préstimos? É só chamar...






"Vídeo Arte" - Eurythmics - "Here Comes the Rain Again" - A chuva vai cair de novo! Nossa vida tem tempestades, mas logo em seguida vem a luz que mostra a saída!







7 comentários:

Madonna disse...

O que é Biblioteca??

Mauro disse...

Há pessoas que têm uma biblioteca como os eunucos um harém

Ricardo disse...

Se você quer trepar, vá à faculdade. Mas se você quer aprender alguma coisa, vá à biblioteca.

REBELDE disse...

Nossa biblioteca, eu também não entro em uma faz fábulas, nossa cara, onde desenterrou isso?? Rrsrsr. O Patê texto maneiro, gostei, percebe-se a fluidez das palavras, as ideias ligadas. Valeu Garota.
Nem lembro como você cara da última vez que fui a uma biblioteca, será que fui? Eu hein. Mas tudo bem acho que vou turistar por uma para ver o que rola lá dentro, quais as figuras que frequentam esse ambiente.
Madonna biblioteca é um local cheio de livros os quais podemos pegar emprestados e lógico mais tarde devolver os livros. Biblioteca somos nós cheios de coisas dentros, nem todas boas, mas guardamos tudo rsrsrsr, somos a biblioteca e o bibliotecário, ainda existe essa profissão?
Frase de efeito Roberto! Acho que primeiro vou passar na facu depois vejo a biblio, rsrsrsrsr
Isso aí cara continua tuas palavras, fazem me pensar em muitas coisas.
Valeu beijo em todo elenco e na boca. rsrsrsrsr

Patty (Patê) disse...

REBELDE rsss.... Às vezes suas palavras me fazem rir... Pois é, essa é a biblioteca da minha faculdade rss... Mas não passei na faculdade pelas palavras do Ricardo, quero estudar e nem na férias páro rsss... Bibliotecário, faz tempo que não ouço falar disso, nem sei se esse curso ainda existe. Mas enfim, vamos ler e separar o que é bom, pois como disse o REBELDE, somos uma biblioteca sem fim. E quanto ao texto REBELDE, de vez em quando sai alguma coisa rss...
Bjos!

Luciana disse...

Biblioteca, quanto tempo não entro em uma, acho que deste o término do meu curso superior.
Mas é bom vc. pegar o catálago e ver que tem muitas coisas boas para ler.
beijos a todos.

Faby Vilela disse...

Biblioteca...faz tempo que não entro em uma...quanta cultura...quanto conhecimento. Mas continuo gostando muito de ler. Pate o curso de Biblioteconomia ainda existe e novso acervos agora estão informatizados...é o desenvolvimento....será????